top of page
  • logo zap branca
  • White Instagram Icon
  • White Facebook Icon
  • Branca ícone do YouTube
  • reservas bem bahia
  • email
Marca Rede Bem Bahia Hotéis.png
logo site branco.png
001 - logo 2022 - hotel porto dourado BRANCO.png
Whatsapp Rede Bem Bahia
  • Foto do escritorFamília viajante

Acarajé Baiano e Suas Variações: Uma Jornada Culinária e Cultural


Na vibrante e diversificada culinária da Bahia, o acarajé é uma joia culinária com raízes profundas na matriz africana e um testemunho da rica história cultural do Brasil. Este quitute icônico não apenas delicia os paladares, mas também carrega uma narrativa fascinante que remonta à época da escravidão, quando mulheres africanas adaptaram e transformaram tradições culinárias para criar um prato que transcendeu as fronteiras do tempo.


Origens e Ingredientes:

O acarajé é produzido a partir de uma massa feita com feijão-fradinho, onde elementos característicos da culinária africana se fundem com os sabores e ingredientes encontrados no solo brasileiro. Após demolhado e descascado, o feijão é batido até obter uma textura de massa. A magia surge quando ingredientes locais, como amendoim, castanha e camarão seco, são adicionados à mistura, conferindo uma complexidade de sabores e texturas únicas. Essa mistura é moldada em porções que são fritas em azeite de dendê, conferindo um aroma e sabor inigualáveis.


A Relação com a Matriz Africana:

O acarajé é muito mais do que uma iguaria; é um elo entre as culturas africanas e brasileiras. No Brasil colonial, mulheres escravizadas utilizaram suas habilidades culinárias para recriar um pedaço de sua terra natal. A tradição do acarajé carrega um significado profundo, representando a resiliência, a criatividade e a tenacidade dessas mulheres, que transformaram as limitações impostas pela escravidão em uma expressão poderosa de identidade e cultura.


Acarajé: Evolução e Variações:


Ao longo dos anos, o acarajé evoluiu e gerou variações que adicionam um toque único à tradição. O "abará" é uma versão cozida, embalada em folhas de bananeira, resgatando a tradição de cozinhar em folhas naturais. Já o "bolinho de estudante", feito com tapioca e pedaços de coco, demonstra como ingredientes locais foram incorporados à massa para criar uma delícia doce e crocante.


Da História aos Desafios Atuais:

Preservar o legado do acarajé é uma tarefa desafiadora. Enfrentando os ventos da modernidade e as demandas por ingredientes mais sustentáveis, os praticantes dessa tradição enfrentam a missão de manter técnicas autênticas e ingredientes originais. Ao mesmo tempo, o acarajé é um lembrete das raízes profundas da culinária brasileira e da necessidade de honrar a história afro-brasileira.


A Jaque do Acarajé em Porto Seguro:


Em Porto Seguro, a "jaque do acarajé" representa um exemplo vivo da importância cultural do acarajé. Reconhecida como patrimônio da humanidade, essa prática alimentar transcende as barreiras geográficas e simboliza o compromisso em preservar e compartilhar a rica história culinária da Bahia.


Receitas Tradicionais

1. Acarajé Tradicional:

Ingredientes:

- 500g de feijão-fradinho

- 2 cebolas médias

- Sal a gosto

- Azeite de dendê para fritar

- Amendoim, castanha e camarão seco a gosto

Modo de preparo:

1. Deixe o feijão de molho por algumas horas e retire a casca.

2. Bata o feijão no liquidificador com um pouco de água para formar uma massa.

3. Pique uma cebola e misture à massa, adicionando sal e os ingredientes adicionais.

4. Aqueça o dendê em uma panela e, com o auxílio de uma colher, coloque porções da massa para fritar até dourar.

5. Escorra em papel toalha.


2. Abará:

Ingredientes:

- 500g de feijão-fradinho

- 1 cebola média

- Sal a gosto

- Folhas de bananeira para embrulhar

- Amendoim, castanha e camarão seco a gosto

Modo de preparo:

1. Siga os passos 1 e 2 da receita do acarajé.

2. Pique uma cebola e misture à massa, adicionando sal e os ingredientes adicionais.

3. Embrulhe porções da massa em folhas de bananeira e cozinhe no vapor por cerca de 30-40 minutos.


3. Bolinho de Estudante:

Ingredientes:

- 500g de tapioca granulada

- 200g de coco ralado

- 1 lata de leite condensado

- Azeite de dendê para fritar

Modo de preparo:

1. Em uma tigela, misture a tapioca e o coco ralado.

2. Adicione o leite condensado e misture bem até obter uma massa homogênea.

3. Modele pequenos bolinhos e frite-os em azeite de dendê até dourar.


Cocada Baiana:

Ingredientes:

- 200g de coco ralado

- 1 xícara de açúcar

- 1/2 xícara de água

- Amendoim, castanha ou feijão cozido (opcional)

Modo de preparo:

1. Em uma panela, misture o açúcar e a água e leve ao fogo até formar uma calda.

2. Adicione o coco ralado e continue cozinhando, mexendo constantemente, até a mistura engrossar.

3. Se desejar, acrescente amendoim, castanha ou feijão cozido à mistura.

4. Despeje a cocada em uma superfície untada e deixe esfriar antes de servir


O acarajé, com suas complexas camadas de sabor e narrativa cultural, continua a ser um tesouro culinário que une passado e presente, matriz africana e influências brasileiras, em uma dança harmoniosa de tradição e adaptação. Cada mordida é uma conexão com a história, o sabor e a herança da Bahia.

39 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page